AS CRISES E O MEU OLHAR - Momento reflexão..

Categorias:







"Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre às águas. E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! E prontamente Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena Fé, por que duvidaste?!"

Mateus 14: 28-31

Deus criou a vida para ser desfrutada em toda sua intensidade e de forma plena, porém, com a entrada do pecado no mundo, esse usufruir sofreu imensas limitações. A vida perde seu aspecto eterno passando a ser sujeita ao desfecho da morte, a subsistência humana passa a ser condicionada ao trabalho, dores são sobremodo multiplicadas e a terra submetida à maldição. Todo sofrimento e dor que nos acometem surgem por tal realidade. Por isso enquanto vivermos estaremos sujeitos à diversos problemas.

Diante dessa condição, todos procuram meios de aplacar esse mal. A medicina busca desenvolver-se, há a intensa produção de bens e serviços que aumentem a qualidade de vida humana e busca-se um ritmo de vida que forneça prazer e satisfação à existência.

Há pessoas que buscam à Deus somente como meio de se livrar de seus problemas. É como se na ocasião de nossa conversão à Cristo, nós ouvíssemos do céu uma voz dizendo: Agora os seus problemas acabaram!

Para conversar um pouco sobre o assunto, quero visualizar de forma panorâmica a experiência vivida por Pedro, acima explanada.

Contextualizando o texto sabemos que Jesus havia operado um dos milagres mais conhecido de seu Ministério: A multiplicação de pães e peixes. Este sinal é o único registrado nos quatro evangelhos. Após isso, Jesus ao despedir as multidões, compeliu seus discípulos à entrarem no barco e atravessarem ao outro lado para a região de Genesaré.

Os discípulos foram, mas Jesus subiu ao Monte para orar. Quando o barco já estava distante, num horário compreendido entre 3 e 6 horas da manhã, Jesus decide ir ao encontro de seus discípulos andando por sobre as águas. Agora imagina você em alto mar, de madrugada e de repente aparece alguém fora do barco e vestido de branco. O assombro daqueles homens era de se esperar! Ficaram aterrados de medo com aquela figura que fugia nas normalidades existentes.

Diante daquela gritaria toda, Jesus se identifica para assim acalmar a seus discípulos. Pedro, afoito como sempre, pede para ir até o Mestre, para assim saber que é ele mesmo. Então, Jesus olha para aquele homem natural e o convida para aquela rápida, mas fantástica experiência sobrenatural.

Aí eu começo a pregação (rs).

Caros leitores, um dia nós estávamos trilhando nossos caminhos dentro de nossas rotinas e habitualidades, mas recebemos um convite tentador. Todas as nossas normalidades racionais foram confrontadas por uma Presença sobrenatural. Ficamos assustados com esse papo de que existe um Deus, Céu, Jesus, salvação e as dúvidas naturais de ser humano começaram a povoar nosso coração.

Entretanto, essa presença manifesta se dá a conhecer. Eu sou o caminho, a verdade e a vida, sou o único meio de você chegar à Deus! Ao recebermos tal mensagem nosso coração se enche de expectativas, apesar de algumas dúvidas, e deseja trilhar esse percurso! Diante de tal desejo, Jesus olha pra nós e diz: VEM! VINDE A MIM! EU VOU PERMITIR VOCÊ ANDAR ASSIM FORA DAS NORMALIDADES TERRENAS!

Então começamos a andar triunfantes, alegres, conquistando, vencendo, vivendo experiências em Deus, tudo aquilo que a eternidade em nossos corações pode conceder. Porém, essa caminhada não é sempre assim.

Pedro caminhava confiante olhando pra Jesus, mas o contexto a sua volta, por uma instante, roubou-lhe a atenção. Pedro se distrai com a força do vento, lembrando-se de que sua normalidade não é de alguém que repousa sobre as águas, mas de alguém incapaz disso. O discípulo começa a submergir em seu trajeto.

Queridos, mesmo sendo pessoas achegadas à Deus e convictos de quem somos nEle, sempre estaremos sujeitos à problemas. Algumas pessoas acreditam que só passam por crises se cometerem deslizes. É como se tudo de ruim que nos sobreviesse só pudesse ser uma consequência de uma mancada nossa. De fato, existem adventos causados por práticas erradas de nossa parte, pois tudo que se planta, um dia se colhe. Mas existem infortúnios que simplesmente acontecem, não podemos evitar. São ventos que batem muito forte, nos fazendo, assim, desviar o olhar do meu lugar de descanso.

Naquele momento de crise, Pedro não podia contar com seus amigos, pois talvez não estivesse ao alcance deles socorrê-lo. Há pessoas que canalizam as soluções de seus dilemas, unicamente, em pessoas. Não é errado contar com auxílio humano durante minha caminhada, muito pelo contrário, é melhor andarmos em dois do que um, pois se um cair o outro levanta. Mas a questão é quando eu deposito minha suficiência no poder financeiro das pessoas, quando dependo emocionalmente das opiniões de terceiros e desisto da vida quando meus apoios humanos simplesmente somem.

Pedro, apesar de ser um homem do mar, não podia ali superar aquela submersão. Mesmo sendo homens experientes, mulheres amadurecidas, doutos em todo o conhecimentos, todos estamos sujeitos a dilemas que fogem do nosso poder de superação.

Muitos diante dos ventos e submersões da vida têm optado simplesmente por desistir. Sem pessoas à volta e sem forças em si mesmo, lançam no fundo do mar todos seus sonhos se deixando engolir por suas crises existenciais. Homens e mulheres de pouca fé, com desânimo pra viver.

Queridos, “o problema não é ter problemas”, por que problemas TODO MUNDO TEM, mas a questão é onde nós fixamos o nosso olhar de socorro em tais circunstâncias. A única pessoa capaz de socorrer a Pedro da fúria do mar, era o DONO DO MAR. Apenas aquele que ACALMA O VENTO poderia livrá-lo de seus medos.

JESUS! ELE É O LUGAR ONDE NÓS PODEMOS FIXAR O NOSSO OLHAR DIANTE DAS OSCILAÇÕES DA VIDA!

Outra coisa tão grave quanto à não percepção desse socorro, são os sentimentos que nos inibem em buscá-lo. Pessoas que se sentem culpadas por suas crises se envergonham de clamar pelo socorro do alto. Eu queria te dizer que Jesus não jogou na cara de Pedro as suas falhas. Ele não olhou pra ele dizendo: Quem mandou desviar o olhar de mim?! Agora vou deixar você afundar pra aprender o que é bom pra tosse! NÃO, DE FORMA ALGUMA!!

DEUS É MISERICORDIOSO! ELE QUER NOS VER BEM!

Então, mesmo cheio de problemas, eu quero convidar a você, estimado leitor, a olhar pra Cristo. Nós podemos descansar sob suas asas até que todas essas calamidades passem (Sl. 57:1)

Jesus quer muito te estender a mão te livrando dos naufrágios da vida.

Amém

Allan Melo
Fiquem com Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido(a), sua opinião é muito importante!
C O M E N T E e me acompanhe nas redes sociais!

Instagram: http://instagram.com/Ursulapinkwoman/
Facebook: https://www.facebook.com/pinkwomanfashion
Youtube: https://www.youtube.com/user/Ursulapinkwoman
Twitter: https://twitter.com/Ursulapinkwoman

Obrigada pela sua visita, volte sempre! Posto novo todo dia!

Ursula Andress -
Pink Woman Fashion


Facebook

Últimas no Instagram

Google+

OkDress

K&K Couros

8WDSHOP.COM

ZNU

Romwe

Romwe -Your Online Fashion Wardrobe

Link Me

Dicas para Blogs
<a href='http://www.pinkwomanfashion.com/' title='Blog da Ursula - Pink Woman Fashion'><img src='http://1.bp.blogspot.com/-3ONHG1zMwzQ/VBM-6Vu8PTI/AAAAAAAAbdE/TJEmTUP5GcM/s1600/lin.png' alt='Blog da Ursula - Pink Woman Fashion' width="150" height="70"></a>

Elite99

Sigma

Loja Flor de Pequi

Sigma

Até 50

Choies

Seguidores

Arquivo do blog